OBRA de João dos Santos



Livros de João dos Santos

  1. Fundamentos psicológicos da educação pela arte, in: Educação estética e ensino escolar / João dos Santos, Nikias Skapinakis, João de Freitas Branco, et al; pref. Delfim Santos. – Mem Martins: Europa América, 1966. – 351 p.; il . – (Estudos e documentos; 35)

  2. A Higiene mental na escola / com André Berge. – 1ª edição. – Lisboa: Livros Horizonte, 1976.- 154 p. – (Biblioteca do educador; 31)

  3. Ensaios sobre Educação – I: A Criança Quem É?

3ª Edição, Formato eBook Kindle. UK: Ed. Product Solutions Catalysis Ltd, Setembro de 2016, ISBN 978-0-9932730-1-8.
2ª Edição, Formato impresso. Lisboa: Livros Horizonte, 1991, ISBN 972-24-0578-0.

  1. Ensaios sobre Educação – II: O Falar das Letras. Lisboa: Ed. Livros Horizonte, 1983.
  1. A Caminho de uma utopia … um instituto da criança. – Lisboa: Livros Horizonte, 1982.- 112 p.
  1. A Neurose de Angústia.

3ª Edição, Formato eBook Kindle. UK: Ed. Product Solutions Catalysis Ltd, 2015, ISBN 978-0-9932730-0-1.
2ª Edição, Formato impresso. Lisboa: Publicações Europa-América, 1988.

  1. A Casa da Praia: O Psicanalista na Escola.

5ª Edição, Formato eBook Kindle. UK: Ed. Product Solutions Catalysis Ltd, Maio de 2018, ISBN 978-0-9932730-3-2.
5ª Edição, Formato impresso. UK: Ed. Product Solutions Catalysis Ltd, Maio de 2018, ISBN 978-0-9932730-4-9.
4ª Edição, Formato impresso. Lisboa: Livros Horizonte, 2007, ISBN 972-24-1002-4.

  1. Se não sabe porque é que pergunta ? – Conversas com João Sousa Monteiro. – Lisboa: Assírio & Alvim, 2000. – 224 p. – (Peninsulares: especial; 14) Ed. póstuma
  1. Eu Agora Quero-me ir embora – Conversas com João Sousa Monteiro. – Lisboa: Assírio & Alvim, 1990. – 163p. – (Peninsulares: especial;24) Ed. póstuma
  1. Ensinaram-me a ler o mundo á minha volta. / organ., nota introd. e nota biográfica Paula Grijó dos Santos Maia Lobo; pref. António Coimbra de Matos. – Lisboa: Assírio & Alvim, 2007. 463p.; il. – (Obras de João dos Santos;1) Ed. póstuma
  1. É através da via emocional que a criança apreende o mundo exterior. / organ. e nota introd. Paula Grijó dos Santos Maia Lobo. – Lisboa: Assírio & Alvim, 2009. – 271p.; il. – (Obras de João dos Santos;2) Ed. Póstuma

  2. Prevenir a doença e promover a saúde. – Lisboa: Coisas de Ler, Junho de 2013. Ed. Póstuma



Aulas Radiofónicas de João dos Santos

Existem 53 aulas radiofónicas de psicologia de João dos Santos, organizadas em duas séries: Se não sabe porque é que pergunta? e A minha Mãe o que é? Cada aula é identificada com um número, um título principal e um título secundário, para que citações provenientes destes documentos possam ser articuladas com as fontes. Tencionamos disponibilizar todas as aulas neste site, mas o processo é moroso. Somente as aulas que têm ligações para um ficheiro áudio é que já estão disponibilizadas. No entanto se tiver um interesse específico em alguma das aulas, por favor contacte-nos nesse sentido através do email info@joaodossantos.net e faremos todos os possíveis para satisfazer o seu interesse.


Se não sabe porque é que pergunta?

  1. EU NÃO GOSTO QUE SE METAM NA MINHA VIDA – entre a excessiva tolerância e uma educação com Valores

  2. DA FALA À ESCRITA – um diálogo à distância

  3. QUANTO RISO, QUANTA ALEGRIA – o Picasso ria-se com o corpo todo

  4. AÇOITES E PERAS DOCES NA EDUCAÇÃO – todos somos eternamente crianças culpadas de desobediência às proibições educativas

  5. UMA CRIANÇA EXPRIME-SE NAS SUAS BRINCADEIRAS – brincar, regras e limites e as possibilidades de integração no desenvolvimento psíquico da criança

  6. COMO É QUE A GENTE DORME SEM SONHAR – a pessoa está mais ou menos sempre a sonhar

  7. É DURANTE O SONO QUE SE PODE PENSAR TUDO – sonho a revelação do inconsciente

  8. ERA UMA VEZ UM GOLFINHO – o problema da vida e da morte

  9. IMPORTÂNCIA DA INTIMIDADE – intimidade e a Constituição da Vida Mental

  10. INSÓNIA – o medo de ter o pesadelo e de sonhar

  11. A HISTÓRIA DO MENINO JESUS – férias de culpabilidade e de Complexo de Édipo

  12. UM VELHO QUE NÃO PRESTAVA – não se pode ser observador sem ser observado

  13. O MENINO JESUS VERDADEIRO – aquilo que existe em nós de criativo vem da infância

  14. O MEU MENINO JESUS – a psicanálise é a arte de fazer com que as pessoas recuperem a sua infância

  15. NÓS CÁ ESTAMOS SEMPRE PARA FAZER FALHAR A EDUCAÇÃO QUE RECEBEMOS – a importância da criatividade e da revolta

  16. DESDE QUE NASCI ISTO ESTÁ A SER UM SONHO – as pessoas todas têm medos desde o berço

  17. NÃO SE PODE DORMIR SEM SONHAR – o pesadelo é um sonho falhado

  18. O BEBÉ A QUERER MANDAR NO ELEFANTE – o subconsciente é inventado com a linguagem falada

  19. SE DEUS EXISTE É UM GRANDE GEÓMETRA – a necessidade de limitar o espaço geométrico é essencial para o desenvolvimento afetivo e intelectual da criança

  20. O RISCO DE PENSAR EM FANTASMAS – a vida interior está povoada de personagens internas que estamos constantemente a criar

  21. FIQUEI COM VONTADE DE CHORAR – a tristeza é um estado de espírito essencial à vida interior, e o melhor diálogo que podemos ter com a tristeza é chorar

  22. O RECREIO – a escola é um local de encontro que tem que transbordar do próprio local

  23. INSUCESSO ESCOLAR – a criança não faz outra coisa desde que abre os olhos, ao nascer, se não tentar aprender

  24. DEIXEM AS CRIANÇAS ROUBAR – as creches feitas à pressa, o pessoal escolhido ao acaso para escolas são violência, geram violência

  25. A ESCOLA COMO LINHA DE MONTAGEM – a passagem da linguagem direta, antes da escola, para a linguagem indireta que é a escrita

  26. O SENHOR DEVIA ERA FALAR COM A MINHA IRMÃ QUE É PEQUENINA E QUE SE LEVANTA DE NOITE E ANDA LA PELA CASA ASSIM COM OS BRAÇOS ESTENDIDOS E DEPOIS A MINHA MÃE FICA MUITO AFLITA QUE ELA CAIA – o enigma da confiança: como é que uma criança intui que pode confiar num adulto

  27. EU TENHO A CAMIONETE MARCADA PARA LOGO À TARDE – todas as perturbações chamadas comportamentais têm por base a depressão ou a ansiedade

  28. VIOLÊNCIA, INDIFERENÇA E FURTO INFANTIL – só se pode impor como aprendizagem qualquer coisa para que a criança esteja motivada

A minha Mãe o que é?

  1. O PERIGO DA INUNDAÇÃO UNIVERSAL – a capacidade da criança para reter os seus pensamentos

  2. DAR GUITA AO PAPAGAIO – se a gaguez é uma inibição para o falar, é preciso desinibir a fala

  3. O MEU MAPLE FICOU COMPLETAMENTE ESTOIRADO – a primeira forma de educação imposta pelos adultos sobre a criança é a educação para a limpeza

  4. A MORTE DE DOM AFONSO HENRIQUES – compreender Pai e Mãe implica primeiro reunir os dois e depois separar os dois

  5. O TABU DA TRISTEZA – o silêncio é tão respeitável como o que a criança tem para dizer

  6. PAIXÃO E TRISTEZA – não reconhecimento por parte dos adultos de que as crianças têm direito a estar tristes

  7. DOIS MENINOS GAGOS – cada um tem a neurose que mais lhe convém. Conseguir que a criança tenha uma neurose autónoma

  8. PERCEBEU QUE EU NÃO ERA UM ADULTO COMO OS OUTROS – há evidentemente uma compreensão da dinâmica da linguagem que nos faz compreender os outros

  9. BRINCAR AOS MÉDICOS – porque é que a masturbação é considerado um fenómeno pecaminoso

  10. FAZER CHICHI NA CAMA – à medida que a criança vai controlando o chichi e o cocó, isso constitui também uma vida interna no pensar e fantasiar

  11. FAZER FESTINHAS NO PAPEL COM O PINCEL – os primeiros desenhos e pinturas das crianças são uma projecção do seu corpo sobre a superfície plástica

  12. O CASO DA CRIANÇA COM DIFICULDADE EM APRENDER OS NOMES DAS PESSOAS – a inteligência nasce no sonho, na imaginação para criar a razão

  13. ÉDIPO – a triangulação que perpassa a vida do sujeito, a intimidade dos pais e os mistérios da sua união

  14. O COMPLEXO DE ÉDIPO DAS MENINAS – ideias sobre a sexualidade feminina

  15. O DIREITO DAS CRIANÇAS À SUA PRÓPRIA TRISTEZA – a fantasia de morte e o desejo infantil recalcado da morte dos progenitores

  16. O MENINO QUE DAVA A ENTENDER QUE NÃO MERECIA OS SEUS PRESENTES DE NATAL – o sonhar com o corpo bloqueia os sonhos sobre a vida íntima dos adultos

  17. O MENINO QUE SABIA O QUE ERA O SUPEREGO – o investimento libidinal nos pais, transforma-se em identificação, possibilitando uma renúncia à satisfação dos seus desejos

  18. O MENINO QUE SE TINHA APODERADO DE UMA GAVETA – constituição do espaço interno da criança

  19. O MIÚDO QUE ANDAVA NA LUA – a relação cognição e afeto na escola

  20. O RAPAZINHO QUE MUTILAVA OS COELHOS – perda parte de si e o sonho como forma de elaborar o sofrimento do corpo

  21. QUERIDO CAVALINHO DOS MEUS SONHOS – objeto imaginário como forma de lidar com as lacunas afetivas e na elaboração da ansiedade e agressividade

  22. A CABEÇA SERVE PARA SONHAR O SONHO DE NÃO FAZER CHICHI NA CAMA – sonhos guardiões do sono

  23. O MENINO QUE SABIA O QUE ERA O SUPEREGO – entidade interna que impõe o limite à criança de fazer determinada coisa

  24. TENHO MEDO NÃO TENHO FORÇA NÃO POSSO LUTAR O MEU PAI ESTÁ EM PARIS – o papel do objeto transicional na intermediação do mundo interno e externo da criança

  25. FAZER CHICHI NA CAMA É UM ATO DE BOA EDUCAÇÃO – quando a criança deixa fluir de forma simbólica aquilo que não consegue conter



Obra INSTITUCIONAL

– Fundou o Colégio Eduardo Claparède (privado) destinado a crianças-problema e onde se iniciou em Portugal o primeiro Seminário Psicopedagógico e uma Escola de Pais.

– Criou uma secção de Saúde Mental num Centro de Saúde Materno-Infantil, primeira iniciativa mundial deste género (assim como a de Mário Yahn em São Paulo, Brasil, exactamente na mesma época).

– Com a pedagoga Maria Amália Borges, criou em 1954 os dois primeiros Centros Psicopedagógicos existentes em Portugal: nas escolas da mais importante associação operária Voz do Operário (cerca de 1200 alunos) e no colégio privado Colégio Moderno (cerca de 500 alunos).

– Depois de voltar de Paris onde levou a cabo pesquisas sobre jovens caracteriais, sobre o membro fantasma em crianças amputadas, vítimas da guerra (Cruz Vermelha Francesa) e na reeducação de deficientes motores, criou a Liga Portuguesa de Deficientes Motores (1956). Esta associação criou em 1957 uma secção de Paralisia Cerebral que deu lugar à fundação do primeiro Centro de Paralisia Cerebral em Portugal.

– Com Henrique Moutinho criou a primeira classe para crianças amblíopes existente em Portugal e mais tarde (1956) o Centro Helen Keller destinado à prevenção, tratamento e reeducação de crianças deficientes visuais. Foi o primeiro Centro no mundo que integrou na mesma escola crianças cegas, amblíopes e de visão normal. O trabalho pedagógico foi da iniciativa da sua colaboradora Maria Amália Borges. Esta instituição assiste actualmente nas suas classes 122 alunos e trata ainda crianças nas suas consultas.

– Com Dora Bettencourt fundou a Liga Portuguesa contra a Epilepsia (1950) que desenvolveu a sua acção no que diz respeito ao tratamento de crianças epilépticas.

– 1975 – Criou o Centro de Pedagogia Experimental – Casa da Praia, dependente do Centro de Saúde Mental Infantil de Lisboa, destinado ao estudo, diagnóstico e tratamento de crianças inteligentes, mas com dificuldades na integração escolar e na iniciação à aprendizagem.

A partir desta experiência fez várias comunicações:

A pedagogia terapêutica – Jornadas de Psicologia, Inst. Act. Soc. Escolar. 1975.

O síndroma psicomotor de evolução. Sintra, 1977.

Psicopatologia da fase de iniciação da criança à aprendizagem escolar. Congresso para o Desenvolvimento da Criança. Lisboa, 1978.

– Consultor do Centro de Observação do Instituto de Assistência a Menores, tendo colaborado na sua própria organização.

Membro fundador de:

– Centro Helen Keller, 1954.

– Liga Portuguesa de Deficientes Motores, 1956.

– Associação Portuguesa de Surdos, 1958.

– Liga Portuguesa de Higiene Mental, 1958.

– Associação de Educação pela Arte.

– Movimento da Escola Moderna.

– Liga contra a Epilepsia.



Livros SOBRE ou referindo à Obra…

  1. ANTUNES, Maria da Conceição Pinto, Educação, Saúde e Desenvolvimento. Lisboa, Edições Almedina, Coleção Ciências da Educação e Pedagogia, 2008.

  2. BARBOSA, Lucas dos Santos e PROCÓPIO, Milena Assunção, et al. O Direito da Criança Ter Segredo: O Conceito de Intimidade na Obra de João dos Santos Para o Desenvolvimento Emocional da Criança, in: Tecnologias da Educação: passado, presente, futuro. / Holanda, Patrícia Helena Carvalho; Cavalcante, Maria Juraci Maia, et al. Fortaleza, Ceará: Edições UFC, Coleção História da Educação, 2018.

  3. BARROS, Eulália. Andar na Escola com João dos Santos – Pedagogia terapêutica. 2ª Edição. Lisboa: Ed. Caminho, 1999. 536p.

  4. BRANCO, Maria Eugénia Carvalho. Vida, Pensamento e Obra de João dos Santos. 2ª Edição. Lisboa: Ed. Coisas de Ler, 2013. 536p.
     
  5.                 . João dos Santos – Saúde Mental e Educação. 3ª Edição. Lisboa: Ed. Coisas de Ler, 2010. 596p.

  6.                 . João dos Santos – A Saúde Mental Infantil em Portugal – Uma Revolução de Futuro. Lisboa: Ed. Coisas de Ler, 2014. 240p.

  7. CASTILHO, Clara e Strecht, Pedro. João dos Santos – Memórias para o Futuro. Lisboa: Ed. Centro Doutor João dos Santos, 2013.

  8. CORDEIRO, Mário. Príncipes da Medicina. Portugal: Ed. Saída de Emergência, 2016.

  9. DUARTE, Paula Taborda e Cruz, Manuela. João dos Santos – o Prazer de Existir. Lisboa, edição conjunta da Liga Portuguesa dos Deficientes Motores e Colégio Eduardo Claparède, 1994.
     
  10. HOLANDA, Patrícia Helena Carvalho e Cavalcante, Maria Juraci Maia. João dos Santos: Por uma Psicologia da Cognição e do Afeto, a Favor da Infância e da Subjetividade, in: História da Educação Comparada: missões, expedições, instituições e intercâmbios. / Cavalcante, Maria Juraci Maia; Holanda, Patrícia Helena Carvalho, et al. Fortaleza, Ceará: Edições UFC, Coleção História da Educação, 2013.

  11. HOLANDA, Patrícia Helena Carvalho. Relação Professor-Aluno, Processo de Subjetivação da Criança e suas Vicissitudes à Luz da Teoria de João dos Santos, in: Afeto, Razão e Fé: caminhos e mundos da história da educação. / Cavalcante, Maria Juraci Maia; Holanda, Patrícia Helena Carvalho, et al. Fortaleza, Ceará: Edições UFC, Coleção História da Educação, 2014.

  12. HOLANDA, Patrícia Helena Carvalho e Morato, Pedro Parrot. A Mulher e a Familia à Luz do Referencial Santiano na Perspectiva Comparada Brasil-Portugal, in: Histórias de Mulheres: amor, violência e educação. / Cavalcante, Maria Juraci Maia; Holanda, Patrícia Helena Carvalho, et al. Fortaleza, Ceará: Edições UFC, Coleção História da Educação, 2015.

  13. HOLANDA, Patrícia Helena Carvalho. João dos Santos: a Psicologia, a Psicanálise e a Pedagogia, in: Histórias de Pedagogia, Ciência e Religião: discursos e correntes de cá e do além-mar. / Cavalcante, Maria Juraci Maia; Holanda, Patrícia Helena Carvalho, et al. Fortaleza, Ceará: Edições UFC, Coleção História da Educação, 2016.

  14. HOLANDA, Patrícia Helena Carvalho; MORATO, Pedro Jorge Parrot. Pedagogia Terapêutica – diálogos e estudos luso-brasileiros sobre João dos Santos. Fortaleza: Edições UFC, 2016.

    1ª Edição, Formato impresso. Fortaleza: Edições UFC, 2016.
    2ª Edição, Formato eBook Kindle. UK: Ed. Product Solutions Catalysis Ltd, 2016, ISBN 978-0-9932730-2-5.

  15. HOLANDA, Patrícia Helena Carvalho, et al. Diálogos com João dos Santos pelo Jardim das Amoreiras – Porque Ainda Há Crianças e Borboletas. 1ª Edição, Formato eBook PDF. UK: Ed. Product Solutions Catalysis Ltd, 2017, ISBN 978-0-9932730-5-6.

  16. HOLANDA, Patrícia Helena Carvalho. Família, Afetos pelos Meandros do Pensamento do Psicanalista Português João dos Santos: Percepções sobre o Filme Uma Licão de Amor, in: Diversidade, Diferença e Deficiência: análise histórica e narrativas cinematográficas. / LUSTOSA, Francisca Geny e MARIANA, Fernando Bomfim. Fortaleza, Ceará: Edições UFC, Coleção História da Educação, 2017.

  17. HOLANDA, Patrícia Helena Carvalho. Corpo, Infância e Sexualidade no Pensamento de João dos Santos: Radiodifusão de Ideias Inovadoras no Campo da Educação, in: Histórias de Corpo, Religião e Educação. / Cavalcante, Maria Juraci Maia; Holanda, Patrícia Helena Carvalho, et al. Fortaleza, Ceará: Edições UFC, Coleção História da Educação, 2017.

  18. HOLANDA, Patrícia Helena Carvalho. A Pedagogia Terapêutica de João dos Santos pelas Ondas de Rádio, in: Tecnologias da Educação: passado, presente, futuro. / Holanda, Patrícia Helena Carvalho; Cavalcante, Maria Juraci Maia, et al. Fortaleza, Ceará: Edições UFC, Coleção História da Educação, 2018.

  19. MORAES, Leopoldo de Campos. Saúde Mental – Número especial de homenagem ao Dr João dos Santos. Lisboa: Ed. Direcção de Serviços da Saúde Mental e Direcção-Geral de Cuidados de Saúde Primários, 1984.

  20. MOURA, Maíra Maia de e HOLANDA, Patrícia Helena Carvalho. Adolescência: Reflexões e Desafios, in: Tecnologias da Educação: passado, presente, futuro. / Holanda, Patrícia Helena Carvalho; Cavalcante, Maria Juraci Maia, et al. Fortaleza, Ceará: Edições UFC, Coleção História da Educação, 2018.

  21. VIDIGAL, Maria José; Queiroz, Maria Isabel S. Braga; Cruz, Maria Manuela; Santos, Maria Paula Grijó dos; Guapo, Maria Teresa. – Memórias de Utopia: elementos para a história da saúde mental infantil em Portugal. Lisboa: ISPA, 1999.

  22. VIDIGAL, Maria José. – Contributos para a História da Psiquiatria e Saúde Mental em Portugal. Lisboa, Trilhos Editora, 2016.
     


Bibliografia completa dos livros e artigos de João dos Santos





© 2013 – 2019 joaodossantos.net. Todos os Direitos Reservados / All Rights Reserved.



  • LIVRARIA

     
     


  • Cecília Menano, João dos Santos e Maria Emília Brederode Santos em conversa

    Clique na seguinte ligação para para visualizar este vídeo do Instituto de Tecnologia Educativa – RTP (1975) A Escolinha de Arte de Cecília Menano – com Cecília Menano, João dos Santos e Maria Emília Brederode Santos, que foi muito generosamente disponibilizado pelo Dr Daniel Sasportes (19 minutos). [Clique nesta ligação]

     


  • Programa IFCE no Ar, Radio Universitária

    Entrevista sobre o andamento do curso à distância “Introdução ao Pensamento de João dos Santos”

    Entrevista gravada com a coordenadora do curso “Introdução ao Pensamento de João dos Santos”, Professora Patrícia Holanda da Linha de História da Educação Comparada da UFC (Universidade Federal do Ceará), com o Doutor Luís Grijó dos Santos (filho de João dos Santos), e a coordenadora pedagógica do curso Professora Ana Cláudia Uchôa Araújo da Directoria da Educação à Distancia do IFCE (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará). A entrevista foi realizada pelo jornalista Hugo Bispo do Programa IFCE no Ar em 3 de Novembro de 2016.

    Para ouvir a gravação desta entrevista clique nesta ligação.

     


     

  • © 2013-2019 joaodossantos.net. Todos os Direitos Reservados / All Rights Reserved