Dr. João dos Santos

Ana Maria Benard MEDIUMAna Maria Bénard da Costa*
Maio de 2013
 
 
 

Conheci o Dr. João dos Santos quando, em 1962, dei os primeiros passos no caminho que iria conduzir-me ao longo de toda a minha vida profissional. Isso aconteceu numa casa antiga do Jardim Constantino para onde se tinha mudado o Centro Infantil Helen Keller. Eu tinha sido convidada pela Dr.ª Maria Amália Borges para orientar uma classe infantil de crianças cegas e, o Dr. João dos Santos fazia parte da Direcção desse Centro.

Ao longo dos três anos lectivos em que estive nessa escola – dois dos quais como Directora Pedagógica – foram numerosos os momentos em que tive ocasião, com os restante membros da equipa, de comunicar com ele e, através das orientações que nos dava, das histórias que nos contava, da forma como encarava cada problema que lhe era apresentado, despertar para novas e insuspeitadas perspectivas sobre a criança e o adolescente.

O que nos dizia e também a forma como nos transmitia o que queria dizer, proporcionava-nos não só mais conhecimento e saber mas também diferentes formas de sentir e de ser.

Mas ao lembrar este mestre (tive, ao longo da minha vida, inúmeros professores mas muito raramente encontrei uma pessoa a quem posso chamar, como a ele, de mestre) não posso limitar-me às situações de âmbito profissional. Aqueles momentos de que sinto mais saudades e aqueles em que de forma mais directa ele nos marcava com a sua extraordinária personalidade, foram passados no Jardim das Amoreiras, no seu consultório ou na sua casa de Sintra.

Depois de sair do Centro Helen Keller, enquanto fui seguindo por variados caminhos, manteve-se a influência do que aprendi com o Dr. João dos Santos e do que compreendi através do que ele me disse e me revelou, em diferentes situações: na coordenação de reuniões, na interacção com as crianças, nos comentários que fazia quando visitava as salas de aula.

Hoje, o Jardim das Amoreiras é um espaço que me é muito próximo e olhar para seu busto, na sombra daquelas espantosas árvores, é um motivo de renovada alegria. 

 
 
 
*Dra. Ana Maria Bénard da Costa
Aposentada do cargo de Directora de Serviços de Investigação e Inovação do ex-Instituto de Inovação Educacional
 
 
© 2013 joaodossantos.net. Todos os Direitos Reservados / All Rights Reserved.
 
 
 
 
  • Coloque aqui os seus dados para inclusão na lista de divulgação ou para receber outras informações

     
  • Proposta de Lei n.º 34 / XIII – Definição de ATO MÉDICO

    O XXI Governo Constitucional, no seu programa para a saúde, estabelece como prioridades aperfeiçoar a gestão dos recursos humanos e a motivação dos profissionais de saúde, apostando em novos modelos de cooperação entre profissionais de saúde, no que respeita à repartição de competências e responsabilidades e melhorar a qualidade dos cuidados de saúde, apostando em modelos de governação da saúde baseados na melhoria contínua da qualidade de garantia da segurança do doente… (Siga esta LIGAÇÃO para aceder ao documento de Proposta de Lei n.º 34/XIII.).

    Existe actualmente uma proposta de diálogo relativo à formulação do Artigo 5 desta proposta de lei, em que se define o ATO MÉDICO.

     
     
     

     
     
  • Cecília Menano, João dos Santos e Maria Emília Brederode Santos em conversa

    Clique na seguinte ligação para para visualizar este vídeo do Instituto de Tecnologia Educativa – RTP (1975) A Escolinha de Arte de Cecília Menano – com Cecília Menano, João dos Santos e Maria Emília Brederode Santos, que foi muito generosamente disponibilizado pelo Dr Daniel Sasportes (19 minutos). [Clique nesta ligação]

     


  • Programa IFCE no Ar, Radio Universitária

    Entrevista sobre o andamento do curso à distância “Introdução ao Pensamento de João dos Santos”

    Entrevista gravada com a coordenadora do curso “Introdução ao Pensamento de João dos Santos”, Professora Patrícia Holanda da Linha de História da Educação Comparada da UFC (Universidade Federal do Ceará), com o Doutor Luís Grijó dos Santos (filho de João dos Santos), e a coordenadora pedagógica do curso Professora Ana Cláudia Uchôa Araújo da Directoria da Educação à Distancia do IFCE (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará). A entrevista foi realizada pelo jornalista Hugo Bispo do Programa IFCE no Ar em 3 de Novembro de 2016.

    Para ouvir a gravação desta entrevista clique nesta ligação.

     


     

  • “Histórias de mulheres” é finalista da 58º edição do Prêmio Jabuti

     

    O livro "Histórias de mulheres: amor, violência e educação", organizado por Maria Juraci Maia Cavalcante, Patrícia Helena Carvalho Holanda e Zuleide Fernandes de Queiroz, é finalista na categoria "Educação e Pedagogia" da 58ª edição do Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro, considerado o mais importante prêmio do livro brasileiro.

    A obra, lançada em 2015 pelas Edições UFC, conta, entre outros, com artigos da Professora Patrícia Helena Carvalho Holanda e do Professor Pedro Parrot Morato “A Mulher e a Família à Luz do Referencial Santiano na Perspectiva Comparada Brasil-Portugal”, e da Dra Clara Castilho “A Mãe e a Escola como Promotores de Inclusão Social das Crianças com Necessidades Especiais na Abordagem de João dos Santos”.

    Maria Juraci Maia Cavalcante e Patrícia Helena Carvalho Holanda são professoras da Faculdade de Educação da UFC. A obra pode ser adquirida na Livraria da Universidade Federal do Ceará (área 1 do Centro de Humanidades – Av. da Universidade, 2683, Benfica).

    Para mais informações clique nesta ligação.

     


     

  • © 2013-2017 joaodossantos.net. Todos os Direitos Reservados / All Rights Reserved